Lista: 5 dicas para ter uma viagem perfeita com a família Pensando na dificuldade de organizar uma viagem em família sem erros, selecionamentos 5 recomendações importantes para que o tão merecido descanso em família seja divertido, prazeroso e tranquilo.

As férias escolares estão aí e planejar uma viagem, sobretudo com crianças, não é uma tarefa fácil. Às vezes, na correria e na ansiedade, muitos pais podem acabar esquecendo detalhes importantes, como a documentação necessária para viajar com crianças e o que fazer para garantir o bem-estar e a diversão delas.


Confira as recomendações que preparamos para você ter a viagem dos sonhos com os pequenos:



  • Planejamento

{"id":6298,"title":"","subtitle":"reprodução"}


Nenhuma viagem, seja em família ou não, começa sem planejamento. E o ponto de partida é a escolha do destino, que pode ser um resort de praia, um hotel fazenda no interior ou até mesmo uma grande metrópole. Feito isso, é hora de ponderar as vantagens e desvantagens que cada destino ou hotel oferece, como a estrutura da cidade/região e da hospedagem. Além disso, é muito importante ter em mente o que você e a sua família desejam para o período. Consultar os pequenos também é muito importante, assim é possível garantir o envolvimento deles neste exercício, que é de suma importância.



  • Estabeleça os gastos na viagem

{"id":6299,"title":"","subtitle":"reprodução"}


Após a escolha do destino, é hora de estabelecer os possíveis gastos. Se você for viajar com crianças, dê preferência para empreendimentos que ofereçam gratuidade na hospedagem para crianças. Caso do Hotel Armação, em Porto de Galinhas, que concede a cortesia para até dois hóspedes mirins de até 10 anos na mesma acomodação dos pais durante as férias de julho. A economia vale a pena e o dinheiro poupado pode ser alocado em um passeio fora do hotel, lembrancinhas ou até mesmo experiências extras. Também é importante mensurar o preço das passagens aéreas (se for o caso) e se a hospedagem oferece transfer in/out ou se será necessário pagar do próprio bolso a locomoção até o hotel. Se for necessário, é bom checar a viabilidade da locação de um veículo.



  • Alimentação

{"id":6300,"title":"","subtitle":"reprodução"}


Checar qual o regime de alimentação oferecido pelo hotel antes de efetuar a reserva também é um tópico muito importante. Este, aliás, pode impactar diretamente na 2ª dica, sobre os gastos de viagem. Dependendo da proposta da viagem, alguns regimes pode valer e muito a pena. Quem gosta de praia e pretende ficar a estadia inteira dentro de um resort, como o Pratagy Beach, de Maceió, curtindo a piscina, o sol, a equipe de recreação e as outras atividades apresentadas pelo empreendimento, o all inclusive é a opção mais indicada. Não haverá, inclusive, dor de cabeça na hora de pagar a conta. Pode-se beber de tudo, comer de tudo e nem se preocupar com nada – só com o peso... rsrs!

Agora se a proposta da viagem é desbravar o destino, priorize hospedagem apenas com o café da manhã incluso ou, quem sabe, meia pensão, que inclui a refeição matinal e uma outra, podendo ser o almoço ou o jantar.



  • Programação infantil

{"id":6301,"title":"","subtitle":"reprodução"}


Antes de curtir as férias é preciso saber se o hotel ou resort escolhido é Kids-Friendly, como é o caso da Fazenda Capoava, em Itu, interior de São Paulo. Assim, os pais podem descansar tranquilos ou se divertirem a sua maneira, jogando uma partida de tênis, fazendo uma caminhada, andando a cavalo ou até mesmo uma massagem no enquanto seus filhos se divertem com os monitores. O hotel, inclusive, se destaca por oferecer uma equipe de recreação formada, em partes, por biólogos, que além de resgatar a essência do brincar com brincadeiras lúdicas típicas de fazenda, como pega-pega, esconde-esconde e tantas outras, criam atividades e gincanas sócio-educativas.



  • Documentação

{"id":6302,"title":"","subtitle":"reprodução"}


Após a conclusão de todas as etapas acima, incluindo a escolha do hotel, é hora de fazer as malas e não se esquecer do mais importante, a documentação. Para se hospedar em qualquer hotel, menores de 18 anos devem estar acompanhados de seus pais ou dos responsáveis legais. Mas no segundo caso, deve ser apresentado documento de autorização dos pais, assinado e com firma reconhecida em cartório. Além disso, RG com foto oficial.

Se houver deslocamento aéreo dentro do Brasil, o menor deve apresentar documento que comprove filiação se estiver viajando com os pais ou parentes de 3º grau. Para viajar com apenas um dos pais, será preciso uma autorização registrada em cartório assinada por ambos os pais.







Siga nosso instagram

© 2019 • Dicas do Varella • Todos os direitos reservados