Castelões • Juntando as Panelas

Castelões

Castelões

Tradicionalismo que não quer ser alterado. Nem precisa!

Fala Paneleiros!!! Você já tentou explicar para uma pessoa de mais de 90 anos sobre a necessidade de ter um smartphone e que saber utilizar o Whatsapp, ao invés de fazer ligações, é fundamental para o convívio social em dias atuais? Provavelmente você nunca tentou, mas caso tivesse feito, a resposta dessa pessoa quase centenária seria: Eu vivo há muito tempo desse jeito e dá certo, por que vou mudar agora?!

É com essa pergunta em mente que o Panelas Indica de hoje apresenta a pizzaria mais antiga da cidade de São Paulo, a Castelões. Localizada no Brás e com uma tentativa frustrada de expandir seu número de lojas alguns anos atrás, a pizzaria adotou seu estilo antigo e tradicional como forma de negócio.

Com funcionários bem antigos no estabelecimento, alguns com idade próxima à sua inauguração, em 1924, os apegos a uma época que já passou não ficam somente a cargo da decoração do local, que é repleta de fotos (algumas em preto e branco). Os avanços tecnológicos e administrativos não chegaram lá ainda e, pelo que percebemos em nossa visita, não vão chegar tão cedo por uma questão opcional.

Foto: Juntando as Panelas

Foto: Juntando as Panelas

Foto: Juntando as Panelas

Em pleno século XXI, a Castelões tem um aviso bem grande grudado em seu cardápio: “pagamento somente em dinheiro ou cheque”. Mas não se preocupe, a transferência bancária realizada de forma remota na boca do caixa está autorizada. São fatos como esse que transformam a nossa indicação de hoje em mais do que uma pizzaria antiga, famosa e com produtos deliciosos.

A Castelões também é um patrimônio da cidade de São Paulo que parou em um tempo no qual o que interessava não era a decoração do local e a apresentação elaborada do prato, e sim, a qualidade do produto. Tempo esses nos quais cartão de crédito não existia e o “cabra” tinha que ter dinheiro na conta, ou embaixo do colchão, para comprar o que fosse necessário.

Nós fomos visitar a Castelões há pouco tempo e, quando estávamos lá, fizemos alguns Stories para nossa conta do Instagram (@juntandoaspanelas). Em especial sobre a bancada de antepastos que é uma das sensações do local. Tivemos MUITA dificuldade em tirar as dúvidas de nossos seguidores com relação ao valor dessa opção. A conversa era mais ou menos assim:

SEGUIDOR – O buffet de antipasto é por pessoa ou por peso?

PANELAS – O prato custa R$35,00 e ele pode ser dividido com a mesa toda.

SEGUIDOR – Então é por peso?

PANELAS – Não! Eles cobram pelo prato. Esse custa R$35,00 e você pode colocar nele o que quiser comer, em uma única visita ao buffet.

Em tempos onde todo mundo desconfia até da sombra, confiar no consumidor e deixar produtos caros e baratos, grandes e pequenos, pesados e leves sob a mesma regra de consumo é esquisito. Porém, a conduta da Castelões era normal no tempo em que foi criada e ela custa em acreditar que seu modo de negócio deve ser alterado, pois, em menos de 100 anos não se pode mais confiar no ser humano.

Foto: Juntando as Panelas

Foto: Juntando as Panelas

Mas chega de aula de ética, afinal, temos uma pergunta para responder no final dessa publicação, lembra? Vamos agora aos deliciosos pratos que pedimos em nossa última visita lá (os valores citados são das pizzas inteiras. Pizzas pedidas meio a meio são cobradas pela de maior valor):

CASTELÕES – A pizza mais famosa do estabelecimento leva seu nome e é a grande responsável por atrair parte da clientela. Com mussarela especial e molho de tomate fresco, cobertos com fatias de calabresa. O destaque dessa e todas as opções vai para o sabor leve e delicioso da massa. R$86,00.

Foto: Juntando as Panelas

Foto: Juntando as Panelas

ROMANA – Mussarela especial e molho de tomate fresco, cobertos com filés de alici importados. Se você gosta de um sabor um pouco mais forte, essa é uma ótima opção (R$92,00).

RÚCULA – Mussarela especial com rúcula e tomate seco. Simples e deliciosa ao mesmo tempo. O sabor da rúcula utilizada é divino! (R$80,00)

Foto: Juntando as Panelas

PORTUGUESA – Mussarela especial e molho de tomate, presunto em fatias, ovo cozido picado, azeitonas e cebola. Nós pedimos essa sem a cebola. Estava MUITO boa. R$80,00.

PALMITO – Mussarela especial, molho de tomate fresco e palmito. A Má é alucinada por pizza de palmito então pedimos sempre. A de lá é boa, mas eu não escolheria ela em meio a tantas outras opções deliciosas. (R$82,00)

Foto: Juntando as Panelas

Para saborear as pizzas, indicamos que vá no período da noite. No almoço, a Castelões funciona como cantina e serve para seus clientes massas italianas tradicionais. No período noturno é incluída pizza em seu cardápio.

Já falamos do prato, então agora vamos ao serviço. Assim como tudo lá, é bom mas não tem nada de mais. Todos atendentes são extremamente educados e solícitos, porém não existe nenhuma personalização ou malabarismo para enriquecer a experiência do cliente, nem combinaria com o local.

Aqui cabe uma rápida historinha. Logo que chegamos, quem nos recebeu na porta foi o seu Pedro, ele é um dos garçons mais antigos da casa e os clientes mais fieis o chamam pelo nome. No decorrer do jantar, deixei meus talheres caírem no chão e, ao chamar o seu Pedro, ele me disse: “Eu não vou levar seu talher agora. Vou lá dentro pegar um novo e depois troco na sua frente para não achar que enganei o senhor e não troquei o garfo e a faca, esse é um truque meu”.

Tem como não ficar apaixonado por um local e pessoas como essas?! Nós não conseguimos e sempre queremos voltar na Castelões. Mesmo sendo muito famosa e tradicional, não é uma febre e sentar lá não necessita reserva. O seu Pedro indica para, no sábado, se programar entre 20h e 21h.

Agora, antes de finalizar, o que tenho a dizer da Castelões é: Ela parou no tempo! Existem duas formas de entender essa informação. A que escolhi é ter certeza que o ambiente, serviço e todo pensamento que envolve o negócio não se alterou com o tempo e dizer não para certas evoluções básicas pode não ser um grito rebelde, mas uma forma diferente de visar o lucro.

Quem vai na Castelões não quer dar dinheiro para uma pizzaria de moda e saborear grandes revoluções gastronômicas sob massas redondas. A ideia é comer algo tradicional, com atendimento bom e se deliciar com uma pizza ou massa em preço justo.

Talvez não seja a pizzaria que tenha que aprender com a evolução do ser humano, e sim, o ser humano que tenha que aprender com a pizzaria a não abandonar certos preceitos e que evoluir a qualquer custo não é evolução. Talvez, vivendo um pouco do passado recente na Castelões, nós possamos adquirir bem mais do que uma deliciosa refeição. Pensa nisso e vai lá comer uma pizza que vale a pena. #panelasindica

Serviço:

Valor médio por pessoa: $

Site: http://www.casteloes.com.br

Telefone: (11) 3229-0542 / (11) 94721-3355

Endereço: Rua Jairo Góis, 126 – Brás – São Paulo – SP

Horário de Funcionamento: De domingo a domingo das 12:00 às 16:00 – 18:30 às 00:00

Taxa de rolha: $65

Valet: Não possui

Couvert artístico: Não possui

Data da visita: Julho – 2017

André Varella.

Não deixe de seguir a gente no Instagram: @juntandoaspanelas

Produtor multimídia. Amante da boa gastronomia, acredita que uma experiência de refeição vai além apenas da comida. Desde sempre é apaixonado por comer bem e um curioso de plantão, sempre buscando descobrir novos sabores.

Deixe seu comentário

Posts Relacionados

Riviera Bar e Restaurante Dia dos namorados no melhor estilo paulistano com menu especial
Aoyama O fast food da culinária oriental que caiu no gosto dos paulistas.
Açougue Central O restaurante Açougue Central, do reconhecido chef Alex Atala, é uma casa simples e com foco indiscutível na qualidade das carnes.
Tasca do Arouche Comida portuguesa de qualidade em uma experiência gastronômica média no centro da Cidade de São Paulo
Chef Vivi Um cardápio por dia
Adega Santiago Sem chamar muito a atenção e com uma excelente qualidade, ele conquistou o seu lugar.